HOME DIOCESE CLERO SERVIÇOS DOWNLOADS CNBB STA SÉ / VATICANO CONTATO
(19) 3441-5329 | contato@diocesedelimeira.org.br     

Campanha da Mãe Peregrina de Schoenstatt celebra 70 anos de missão

(Divulgação)

Neste mês de setembro de 2020, completam-se 70 anos que a Mãe Peregrina de Schoenstatt visita famílias, hospitais, presídios, escolas, comércios entre outros.

Pequena no tamanho, mas grande no impacto, quase 17 milhões de brasileiros recebem a visita regular desta imagem em suas casas.

Hoje, seu alcance se estende a 264 circuncisões eclesiásticas no Brasil. É um presente da Igreja brasileira para o mundo, estando a imagem presente em mais de 200 países.

 

Na Diocese de Limeira

A coordenadora diocesana no Movimento Mãe Rainha na Diocese de Limeira, Claudia Maria Lindman Lopes, conta que a Mãe Peregrina de Schoenstatt visita os lares e estabelecimentos da diocese há cerca de 30 anos.

Segundo Cláudia, cerca de 2.800 imagens peregrinam atualmente nos 16 municípios e 100 paróquias que compõem a diocese, chegando a milhares de lares. Sendo 2.500 imagens que peregrinam entre famílias, 55 imagens que as missionárias levam até enfermos, 25 imagens que peregrinam entre alguns estabelecimentos comerciais e 220 imagens dos jovens da catequese. 

 

Graças alcançadas

Ao longo da história da peregrinação da imagem da Mãe Rainha na Diocese de Limeira, há muitos testemunhos de graças alcançadas – como empregos, conquistas materiais, saúde recuperada; verdadeiros testemunhos de transformação pessoal e social.

Cláudia Lopes, que participa do movimento há 12 anos, dá seu testemunho de fé e graça alcançada. Ela conta que, há alguns anos, foi diagnosticada com câncer de útero e ao saber do diagnóstico se entregou a Mãe Peregrina. Um período difícil para ela. “Foram momentos de muita oração e desafios diários”, conta.

Claudia relata que enfrentou com muita fé os desafios diários de superação e que passou por cirurgia e pela quimioterapia sem perder a esperança. “A presença da Mãe Peregrina foi fundamental em meu tratamento e recuperação. A partir do momento que me entreguei para ela (Mãe Peregrina), já comecei a me acalmar e fiquei mais confiante. Após um período de tratamento, me curei”, relata.

 

Ser um missionário

O trabalho missionário é muito importante na caminhada diária de evangelização. Na Diocese de Limeira, quem se sentir tocado para essa missão evangelizadora do movimento Mãe Rainha pode procurar os coordenadores paroquiais e ficar atentos a programação.

Este ano, em virtude da pandemia do novo coronavírus, os eventos foram cancelados, mas em breve uma nova programação deve ser divulgada.

 

Imagem acompanha Dom José Roberto

Quem visitar Dom José Roberto Fortes Palau, bispo diocesano de Limeira, na cúria diocesana, irá perceber a presença da imagem da Mãe Rainha de Shoenstatt na sala de atendimento do bispo.

Dom José conta que ganhou a imagem, no ano passado, das irmãs de Shoenstatt da Vila Mariana, em São Paulo. “De lá pra cá a Mãe Peregrina me acompanha e está presente diariamente no exercício de meu ministério episcopal”, disse.

 

A Campanha

A Campanha da Mãe Peregrina de Schoenstatt faz parte da Obra Internacional de Schoenstatt, fundada pelo Pe. José Kentenich no dia 18 de outubro de 1914, em Schoenstatt, na Alemanha.

No ano de 1948, Pe. José Kentenich expressa seu desejo que a Imagem de graças da Mãe Três Vezes Admirável de Schoenstatt tenha um lugar de honra nos lares. Ele escreve em Santa Maria/RS:

“Levem a Imagem da Mãe de Deus e lhe dêem um lugar de honra nos lares. Assim eles se tornarão pequenos Santuários nos quais a Imagem de graças se manifestará, operando milagres de graças, criando uma Santa Terra das Famílias e formando santos membros da família…” (15 de abril de 1948).

A campanha tem como objetivo final a evangelização das famílias com a Mãe Rainha que leva seu Filho Jesus a todos os lares.
 

Um instrumento disponível para servir

Em 1950, o sr. João Luiz Pozzobon, dono de um pequeno comércio, pai de sete filhos e católico fervoroso participa de um grupo de homens, no início do Movimento Apostólico de Schoenstatt, em Santa Maria (RS/1947). Recebe a formação schoenstattiana sob a orientação do Pe. Celestino Trevisan – sacerdote Pallottino. Assim, pode não só conhecer a espiritualidade de Schoenstatt, mas vivê-la em profundidade.

No dia 10 de setembro de 1950, é convidado pela Irmã M. Teresinha Gobbo, do Instituto Secular das Irmãs de Maria de Schoenstatt, – que também dava formação schoenstattiana, especialmente aos ramos femininos e às famílias do Movimento de Schoenstatt – a levar a Imagem da Mãe, Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt para visitar as famílias. Irmã Teresinha entrega-lhe a Imagem, abençoada no Santuário, pelo Pe. Celestino, com as palavras:

Esta Imagem ficará sob seu cuidado. Não é preciso que reze o terço todas as noites. Apenas deverá cuidar que peregrine de casa em casa”.

Sr. João aceita esse convite. Assume a tarefa de levar a Imagem Peregrina da Mãe e Rainha de Schoenstatt às famílias e exerce esse apostolado durante 35 anos, até a data de seu falecimento em 27 de junho de 1985. Com ela percorre mais de 140.000 Km. Em todos esses anos, não deixa um dia sequer de praticar esse apostolado. A partir de 1959, a presença e atuação de Maria multiplica-se por meio das pequenas Imagens da Mãe Peregrina na forma atual, que visitam mensalmente as famílias.

 

Ampliação Mundial

A Campanha da Mãe Peregrina tomou uma dimensão internacional a partir da visita do sr. João Pozzobon, com a Imagem Peregrina ao lugar de Fundação da Obra de Schoenstatt, na Alemanha e em Roma, no ano de 1979.

Atualmente, a Campanha da Mãe Peregrina se faz presente nos cinco continentes e em todos os países da América Latina. A Imagem original com a qual o sr. João Pozzobon peregrinou por 35 anos encontra-se no Centro Mariano (Casa do Movimento de Schoenstatt) em Santa Maria/RS, onde pode ser visitada por todos.
 

Apoiado e abençoado pelo Fundador de Schoenstatt

Referindo-se a essa bela Campanha, o Pe. José Kentenich, de quem o Sr. João se considerava um aluninho – após abençoar essa iniciativa – assim a considera:

Praticamente foi isso que sempre fizemos até agora, por meio do Movimento Apostólico de Schoenstatt: abrir espaços à Mãe de Deus para que Ela opere com as graças do seu Santuário, o abrigo e conforto espirituais, a transformação interior e o ardor apostólico. A Campanha demonstra como são verdadeiras as palavras de São Vicente Pallotti sobre Maria Santíssima: ‘Ela é a grande Missionária; Ela opera milagres de graças’. Trata-se de um autêntico método moderno de Pastoral”.

 

Uma Campanha em saída

A Campanha da Mãe Peregrina de Schoenstatt corresponde aos objetivos que a Igreja propõe a todo povo de Deus: ser missionário de Jesus Cristo, evangelizar, sobretudo os mais necessitados, que estão afastados da Igreja. Sua estrutura diocesana permite uma inserção plena na realidade de cada paróquia e diocese. Está presente em todos Estados do Brasil, em muitas dioceses, paróquias e cidades do país.

 

Assessoria de Imprensa

Diocese de Limeira

Conheça o Bispo
HOME
 
DIOCESE
Conselhos e Comissões
Centro Diocesano de Limeira (CDL)
 
CLERO
 
SERVIÇOS
Secretariado de Pastoral
Rádios
Links Uteis
+ Economato
 
 
CNBB
 
STA SÉ / VATICANO
 
CONTATO
© 2016 Todos os direitos reservados
Diocese de Limeira